Páginas

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Das coisas estranhas


(imagem daqui)
Acontecem coisas estranhas. Desaparecem. Sem deixar rasto. Talvez se falasse comigo já não seriam necessárias estas coisas estranhas. Até nisso mostra o "reles" que consegue ser. A cobardia é algo que abomino cada vez mais. Basta ter coragem e conversar. Em vez disso, boicota as minhas tentativas de resolução...
Haja paciência porque a minha vai a caminho de se esgotar!

3 comentários:

  1. Como te entendo...situações mais que chatas!

    ResponderEliminar
  2. Sei bem o que isso é...infelizmente as pessoas optam por essa solução, cobardia? Talvez...

    ResponderEliminar

Outros fios de vida